terça-feira, fevereiro 14, 2006

Per la notre dame

O Fábio Campana, inspirado por Nossa Senhora em pessoa (só pode ser, para editar poesia em pleno fim do mundo), invocou que vai publicar um livro meu, Apenas um coração fazendo barulho. E isso logo depois do Assim até eu do Thadeu, do Catatau do Leminski, do Ultralyrics do Marcos Prado e de tantas outras coisas que só o Fábio, só a Travessa dos Editores. Espero estar à altura de tão boa companhia.

com quantas pauladas se faz uma alma boa

Minha nossa,
perdoa a dor
em nossa alminha.

A gente é gente simples, senhora.
Gente que depois de uma boa paulada
já é bem capaz de ver estrelinha.

(Roberto Prado)

5 comentários:

Anônimo disse...

O Fábio é foda mesmo. Viva a boa poesia e bem-vindo ao mundo virtual!

Abração
Renato

polacodabarreirinha disse...

Boa, Becão. Era só vc q faltava nesta festa virtual. Um cara com o teu talento, sensibilidade e inteligência tem obrigação de dar um empurrãozinho pra ver se o nosso cerebrozinho pega nem que seja aos trancos e barrancos.

roberto prado disse...

Renato, viva o Fábio, mas, como diz o nosso gigantesco amigo Aníbal Marques, o Fábio é fodinha. Foda mesmo é o pai dele. E você precisa conhecer o fodalhão que é o avô. Obrigado, Renatão. Quanto ao polaco da barreirinha, valeu, Thadeu, por colocar essa obrigação na minha já escalavrada consciência. Mesmo que meu cérebro comece a queimar óleo 14, prometo não parar na subida.

Anônimo disse...

Com o tempo a cidade, o Paraná e o Brasil vão se dar conta da imensa contribuição da Travessa dos Editores. Civilização se faz assim, com coragem, fazendo acontecer. Grande abraço, Roberto e ficamos no aguardo do livro. Enquanto isso, visito você por aqui.

Abs
Jaqueline Heydn

roberto prado disse...

Beleza, Jaqueline. Só espero que este dia não demore muito. Quanto ao livro, deve sair logo. Abraço.