sexta-feira, junho 09, 2006

Deu caroço de porco na cabeça


Trecho de um texto meu publicado na
revista Idéias número 47. Começa assim. E por aí vai.

Os cínicos, os suicidas e o caroço de porco no cérebro.

Até bem pouco tempo a gente sofria com gosto, pois o Brasil era o país do futuro. Éramos maltratados, até mais do que hoje, mas a desgraceira tinha um significado maior, que justificava todo sacrifício: logo logo, assim que entrasse uma graninha, isso aqui ia virar um Canadá sem gelo, um EUA sem caretice, um Japão sem disciplina marcial, uma Europa sem mofo, uma Austrália sem tubarões.

Bastava à nossa população – composta por gente amiga, criativa, cordial, bem humorada e cheia de amor para dar – esperar, sentada, o advento do grande porvir, pois o destino, glorioso, já estava traçado. Movidos por essa certeza absoluta, defendíamos nosso modelo tropical de civilização com fé cega, digna de homens-bomba, dispostos a morrer antes de ver a pátria invadida pelos batalhões da razão, do bom senso e da inteligência.

(Roberto Prado)

6 comentários:

Anônimo disse...

Neurocisticercose. Doença horrível. A "canjiquinha" (ovo de solitária) da carne de porco se aloja em tecidos nobres do organismo, neste caso, no cérebro. Faz o maior estrago...

Becão.
Coloquei no ar um "áudioblog", conforme postei anteriormente. Apareça me visitar:
http://br.geocities.com/ferrybest64/
Tem umas músicas nossas gravadas quase no mesmo dia em que foram compostas, vale o registro e acho que pode ser divertido. Avise o careqa que pode mandar os rascunhos que eu posto no mesmo dia. Pretendo atualizar semanalmente, umas 5 por semana por enquanto. É só clicar e ouvir.
Grande abraço.
Ferreira.

roberto prado disse...

Grande jogada, Ferreira. Vou pra lá imediatamente. Careqa e Adriano, aproveitem a boa vontade do Ferreirão. É legal essa jogada de colocar as canções de um jeito que é quase como o ouvinte testemunhar o momento da criação.
Os cisticercos que se cuidem...
Abração!

Don Suelda disse...

Beco: visite o meu blog e deixe comentários. Lá tem mulher pelada, mulher vestida, cartuns, desenhos de humor, poesia, cizânias, textos do Fraga, besteirol do Dante Mendonça e o que mais você quiser.
Somos todos seres humanos. Procurando a mesma agulha no mesmo palheiro. Oiés!

roberto prado disse...

É isso aí Solda. E além de oiés é oiés e ófe córsse que eu vou ao teu blog umas quatro vezes ao dia. Comentarei mais, para deixar registrada a minha passagem por aquele mundo.

Anônimo disse...

é isso aí Beco! vou procurar a idéia 47 prá ler o texto na íntegra.
quase estivemos Iara e eu na sua casa ontem,..., mas os astros nos deram uma curva!! :)
abs
doris

roberto prado disse...

Oi, Dóris, bacana você por aqui, guria. Acho que me deu caroço no cérebro também, pois saiu outro texto meu (engraçado, aliás) na Idéias 47. O trechinho que coloquei aqui ficou pra outro número. E não esquente, que logo os astros saem da rota de colisão e a visita sua e da Iara acontece. Beijos.